Em quinto dia de greve, acesso ao Porto de Santos continua bloqueado

Mesmo com a tentativa do Governo de negociar com os caminhoneiros uma trégua na paralisação, os acessos ao Porto de Santos, no litoral paulista, continuam bloqueados nesta sexta-feira (25), quinto dia consecutivo de greve. A classe solicita redução no preço de combustíveis e aumento no valor do frete.

Os caminhoneiros que estavam na Alemoa iniciaram uma carreata em direção ao Centro de Santos às 8h. Eles seguiam com faixas dizendo ‘A greve continua’, os caminhões causam transtornos no trânsito por onde passam.

Desde segunda-feira (21), os caminhoneiros realizam protestos na região da Baixada Santista e Vale do Ribeira.
Manifestantes que integram os movimentos de bloqueio na Margem Direita do cais, em Santos, e na Margem Esquerda, em Guarujá, afirmaram que, mesmo após o anúncio de acordo feito pelo Governo, o protesto está mantido na região. De acordo com eles é necessário que aconteça um acordo definitivo para a verdadeira redução dos custos tarifários aplicados na venda de combustível.

A continuidade dos protestos está causando problemas de abastecimento, de alimentos e combustíveis, transporte público e outros, aos moradores da Baixada Santista e Vale do Ribeira.

Fonte: g1.globo.com

Facebook Comments